Bem Vindo ao site da Texneo

Preencha o formulário abaixo para visualizar todos os produtos.

Texneo

Life Hits

Malha para moda íntima: qual usar?

Malha para moda íntima: qual usar?

O mercado da moda íntima vem inovando nos últimos tempos, com suas cores, padronagens e estilos variados. Mas uma característica continua sendo preservada: o uso do tecido certo.

Afinal de contas, estamos falando de peças que ficam diretamente sob a pele durante um dia inteiro de atividades. Nesse caso, a moda underwear precisa ser focada em conforto e em saúde.

Portanto, a seguir separamos as principais malhas para moda íntima que você pode (e deve) investir na produção de suas peças.


Poliamida

Mesmo sendo uma fibra sintética, a poliamida é uma das malhas mais utilizadas na moda íntima, já que ela possui muitas características positivas, tais como:

  • alta resistência;
  • fácil de lavar;
  • secagem rápida;
  • toque suave e agradável.

Portanto, a poliamida é uma malha bastante nobre e encontrada tanto em tecidos lisos quanto em tules e rendas, que dão um toque a mais nas peças íntimas. Além disso, ela também pode ser encontrada nos elásticos externos que ficam aparentes em alguns modelos, ou, ainda, nos elásticos costurados por dentro do tecido, garantindo sustentação e firmeza.


Algodão

Não poderíamos deixar de citar o algodão, não é mesmo? Trata-se de uma fibra natural que está presente em peças de moda íntima que tenham qualidade.

O algodão é o tecido considerado mais respirável que existe, além de ser fácil de costurar, de limpar e de tingir, possuindo várias estampas e cores. Algumas malhas de algodão também vêm misturadas ao elastano, aliando o conforto de um e a elasticidade de outro.

Uma dica: mesmo que algumas de suas peças de moda íntima sejam fabricadas com outras malhas, utilize o algodão para o forro, já que trata-se de um tecido altamente fresco e absorvente – o que contribui para a saúde íntima dos usuários.


Viscose

Outro exemplo de malha para moda íntima é a viscose, uma fibra artificial originária da celulose composta, normalmente, por poliamida e elastano.

As fibras originadas do processo de fabricação da viscose são semelhantes ao algodão, e, portanto, essa malha acaba tendo características semelhantes a ele, tais como:

  • toque suave, fresco e leve;
  • resistência;
  • absorção da umidade;
  • fácil lavagem;
  • rápida secagem.

 

Poliéster

O poliéster também pode ser usado como malha para moda íntima, já que se trata de uma fibra sintética de alta resistência, durabilidade e deixa as peças com cores bem vibrantes. Outra vantagem é a fácil lavagem e rápida secagem.

No entanto, o poliéster como malha para moda íntima requer uma atenção especial, pelo fato de ter outra característica: ele retém calor, esquentando a peça. Por isso, você pode mesclar o poliéster com outros tecidos para amenizar esse efeito, principalmente nas partes mais íntimas das peças.


Fica a dica – ao confeccionar peças de moda íntima:

  • Foque no conforto e no bem-estar dos usuários;
  • Escolha malhas que permitam mais respirabilidade da pele;
  • Atenção a recortes e aviamentos inadequados que possam causar incômodos, principalmente nas partes íntimas;
  • Opte por tecidos tecnológicos que possuem características que auxiliam no conforto, na higiene e na saúde (como os tecidos antimicrobianos).
  • Escolha elásticos de qualidade para comporem as peças, evitando que elas enrolem, apertem ou marquem a pele.

Confira aqui todas as cores, estampas e malhas para moda íntima produzidas pela Texneo.

 

Até a próxima!